Recrutando uma empregada doméstica.

Apesar deste tipo de recrutamento não fazer parte da minha área de trabalho, hoje vou escrever sobre este tema a pedido de muitas pessoas: “os cuidados ao se recrutar uma empregada doméstica”.

Antes de fazer a entrevista para a escolha da candidata você deve fazer um roteiro de perguntas para poder ter condições de avaliar o seu perfil.

Algumas dicas de perguntas a serem feitas:

  • Por que saiu do seu último emprego? (Importante para analisar sua estabilidade)

  • É fumante? (Isto se você se importar com o cigarro)

  • Tem bom humor? (Isto se você não quiser um baixo astral dentro de sua casa)

  • Como  é seu gênio? Costuma ficar nervosa ao receber uma orientação?

  • Sabe fazer todo o tipo de trabalho doméstico, inclusive cozinhar? (Isto se pretende que ela cozinhe)

  • Tem algum problema de saúde? (Isto para não ter surpresas de muitas faltas no trabalho)

  • Tem filhos pequenos que dependam de seu horário de chegar em casa? (Isto se você tem a necessidade de algumas vezes tê-la fora do expediente para a organização de alguma reunião em sua casa no período da noite, etc…)

  • Com quais pessoas posso conseguir referências sobre você e seu trabalho. (Isto é de extrema inportância para saber quem você está colocando dentro de sua casa).

  • Tem carteira profissional?

Estas foram algumas dicas que parecem óbvias, mas que na hora da entrevista podem ser esquecidas. É claro que você deve fazer quantas perguntas lhe interessar para não ter surpresas depois.

Após a escolha da candidata você deve preparar o roteiro com as atividades domésticas e orientá-la já no primeiro dia de trabalho. Isto é importante para que, posteriormente, ela não diga que alguns tipos de tarefas não estavam no trato inicial.

Algumas dicas:

  • Estabeleça o horário de entrada e saída do trabalho.

  • Passe a rotina de arrumação da casa por prioridade. (Se você costuma dormir até mais tarde, peça que inicie com outros cômodos da casa ou até passando a roupa).

  • Dê um cardápio com os pratos que quer comer durante a semana (Isto se a empregada for cozinhar)

  • Determine os dias de trocas de roupas de cama e banho.

  • Oriente-a a atender o telefone de acordo com sua maneira e anotar os recados. (deixe um bloco de papel no local do telefone)

  • Peça que nunca aceite ordens para mudança dos hábitos da casa, a não ser, as fixadas pela contratante. Exemplos: horários de entrada e saída, refeições etc… (Isto para não ter surpresas de ouvir “Eu estou saindo mais cedo porque o fulano me autorizou”,ou “Hoje não estou cozinhando porque o fulano não quer comer”).

Não se esqueça, também, de registrá-la na carteira profissional e recolher o INSS da parte do empregador e do empregado. Você pode pagar o INSS integral com base no salário bruto e descontar a parte do trabalhador no ato do pagamento do salário.

Não se esqueça de que o trabalhador doméstico tem os mesmos direitos que um trabalhador de empresa, exceto o FGTS. Ou seja, você deve pagar férias (1 salário) e  + 1/3 sobre  este salário, além do 13o. salário.

E, acima de tudo, respeite o seu empregado; trate-o dignamente e seja um gestor do lar com competência. E, lembre-se, pessoas felizes trabalham e produzem mais e melhor!!

Boa sorte!!

About these ads

14 Respostas to “Recrutando uma empregada doméstica.”

  1. Elisangela Says:

    Eu vou fazer um cirurgia e preciso de uma empregada por somente 30 dias, para fazer todo o serviço domestico, eu tenho que assinar carteira, tendo em vista que só precisarei por 30 dias?
    Obrigada

  2. Mônia Gomes Says:

    Olá Dirce!
    Parabéns novamente por mais um post super pertinente!
    Lendo-o, percebo que já cometi erros primários ao contratar uma profissional muito aquém das minhas necessidades.
    Erro, aliás, que certamente não teria sido cometido se eu tivesse recebido uma orientação como esta, que vc postou aqui!
    Guardarei este questionário para uso futuro.
    Um grande abraço!

    • Dirce Vassimon Says:

      Mônia, bom dia! Obrigada pelo seu comentário em meu blog.
      Realmente as dicas são super importantes qdo recrutamos uma empregada doméstica e, também, no primeiro dia de trabalho. Na verdade não deu pra escrever tudo que se deve perguntar (ficaria muito extenso), mas ai foram algumas dicas importantes. Mas não esqueça de, sempre, antes escrever tudo o que quer perguntar, anotar em um papel e seguir esse roteiro. É sempre melhor pecar por excesso de perguntas do que pela falta. Elas (empregadas), algumas vezes, se negam a fazer alguma coisa por falta de trato no momento do recrutamento.
      Espero que esse pequeno questionário ajude!! Abraços
      Dirce

  3. Teresa Says:

    Olá Dirce!

    Muito úteis as orientações. Já as encaminhei para filha e noras.

    Bj,

    Teresa

  4. Clarissa Says:

    Muito bom o tema!!! Todos têm dúvidas burocráticas ou muitas vezes são inexperientes no assunto já que é a primeira vez que irão contratar alguém para trabalhar em suas casas!!! Esse post irá ajudar muita gente!!!

    • Dirce Vassimon Says:

      Cla, estas dicas não sáo somente para marinheiras de primeira viagem, mas servem até prá quem está no caminho há algum tempo. Mesmo com experiência no recrutamento as vezes nos esquecemos de perguntas básicas. Bjos

  5. Maria Luiza Says:

    Dirce
    Muito bom! Obrigada pelas dicas.
    Acho que vai me ajudar muito nesta difícil tarefa!
    Bjs
    Maria Luiza

  6. Alda Vasques Says:

    Ótimas dicas! A gente sempre acha que contratar uma empregada é uma tarefa simples, mas o segredo do sucesso é uma boa entrevista. Esse seu roteiro tem que ser guardado para consulta na próxima contratação. No meu caso espero que demore bastante porque a minha ajudante Luzileide é show!

    • Dirce Vassimon Says:

      Olá Alda! É acaba sendo uma tarefa difícil, principalmente qdo esquecemos de perguntar o básico e depois a empregada nos diz que não dissemos determinadas coisas e portanto não se acha obrigada a cumprir algumas tarefas. Bjos. Dirce

  7. Beth Says:

    Dirce, muito boa as dicas. Uma dúvida: a partir de quantos dias de trabalho semanais vc.já pode registrar na carteira? Tem uma regra ou uma diarista que trabalha dois dias por semana, por ex., já pode ser registrada? Bjs.Beth

    • Dirce Vassimon Says:

      Beth, você só é obrigada a registrar a partir de 3 dias de trabalho semanais. Porém não existe limite mínimo. Se você tiver alguém que trabalha somente um (1) dia por semana e quiser registrar, não tem problema. Registre e coloque na carteira que é diarista e não empregada doméstica. Será que respondi sua pergunta?? Bjos

  8. Dirce Vassimon Says:

    Vivian, que rapidez de comentário! Estou feliz que você goste dos meus posts.
    Beijos. Dirce


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 305 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: